São Paulo – Nesta quinta-feira, dia 08 de agosto, o Bar Samba, que funciona de quarta a domingo, na Vila Madalena, receberá Gabriel e o Samba da Ouvidor, do Rio de Janeiro, a partir das 19h.

A apresentação faz parte do projeto Terreiro Divino, com rodas de samba, todas as quintas-feiras, das 21 às 2h. O nome do projeto foi inspirado na música que os músicos e compositores Luizinho SP e Didi fizeram em homenagem ao Bar Samba. A ideia é abrir espaço para rodas de samba com muito alto astral, animação, samba no pé e batido na palma da mão.

O Bar Samba receberá ainda os projetos, dia 15/08, Amigos da 27 (SP) e Criolice (RJ), dia 22/08.

 

A entrada para as quintas custa R$ 30,00 (preço único) e as mesas podem ser reservadas de terça a sexta-feira pelos telefones 11 3819-4619 / 11 95341-0198.

As atrações

Gabriel e o Samba da Ouvidor – apresentações dias 08 e 29/08 – A roda de samba movimenta até mil pessoas na Rua do Ouvidor, no Rio de Janeiro, conta com grandes nomes do samba no repertório. A roda é liderada por Gabriel Cavalcante e composta por vários músicos da nova geração do samba. Clássicos das décadas de 30 a 80 ganham a roupagem dos sambas de terreiro, evocando a popularidade e resistência cultural do samba que vive nas ruas.

Amigos da 27 – apresentação dia 15/08 – o projeto nasceu em 2005 da reunião de sambistas do Grajaú na rua 27 (R. Manoel Guilherme dos Reis), em São Paulo. O samba é tocado na rua todos os domingos e desde o início tem chamado a atenção de muitos amantes do samba. A palavra pagode é atribuída a uma reunião de sambistas, por isso a escolha dela para representar este projeto, que traz um repertório de Samba Raiz, preservando assim a qualidade do samba tradicional sem jamais se fechar para o momento atual da cena deste movimento cultural.

Criolice – apresentação dia 22/08 – Com a proposta de resgatar a ancestralidade africana da música brasileira, passando pelo jongo e pelas canções de terreiro, o projeto Criolice, formado exclusivamente por músicos negros, rapidamente ganhou adesão popular e, após sete anos de existência, tornou-se a maior roda de samba do Rio de Janeiro.

Programação de agosto:

Quarta-feira – 14, 21 e 28/08 – Carmem Queiroz

Quinta-feira – 08, 15, 22 e 29/08 – Projeto Terreiro Divino

Sexta-feira – 09, 16, 23 e 30/08 – Grupo Samba Bar

Sábado – 10, 17, 24 e 31/08 – Feijoada com Grupo Samba Bar (13h); e Timaia (21h).

Domingo – 18 e 25/08 –

Sobre o Bar Samba

Poucos lugares em São Paulo guardam ao mesmo tempo a história da cidade e do gênero musical mais popular do Brasil. O Bar Samba completou 15 anos no dia 2 de fevereiro de 2019, e desde sua fundação é o destino de muita gente bamba e dos amantes da boa música e da melhor comida de boteco.

Entrar no bar é penetrar num pedacinho da memória de muitos personagens ilustres, que estão estampados em fotos, ilustrações, pavilhões de escolas de samba e instrumentos musicais. Além, de um painel gigante (13 metros) de caricaturas que eterniza figuras como Cartola, Candeia, Beth Carvalho e Zeca Pagodinho, entre outros.

Muitas destas personalidades brilharam ao vivo no comando das tradicionais rodas de samba da casa, como Luiz Carlos da Vila, João Nogueira, Almir Guineto, Jovelina Pérola Negra, Dona Ivone Lara e Wilson Moreira, que foram inseridos no painel nesta nova fase, junto com as caricaturas de personagens do cotidiano como o gari, o coletor de lixo, as baianas e as passistas.

Serviço – Bar Samba – “um novo lugar para uma grande história”

Endereço: Rua Fradique Coutinho, 1007 – Vila Madalena

Cartões: Todos (não aceitamos Ticket Restaurante, Sodexo, Ticket Alimentação)

Estacionamento: não tem valet (várias unidades particulares próximas)

Acessibilidade: Rampa, elevador e banheiros

Funcionamento

Quarta-feira, quinta-feira e sexta-feira das 19h à 01h

Sábado- 13h às 19h (Feijoada com Grupo Samba Bar) e 21h às 03h (Samba Ao Vivo)

Domingo – 18h às 23h30

Entrada: quarta, quinta e domingo – R$ 20,00; sexta e sábado – R$ 35,00

Capacidade: 250 pessoas