RIO — As escolas de samba do Grupo Especial do carnaval carioca terão menos tempo para cruzar a pista da Marquês de Sapucaí na próxima folia. Em plenária realizada na sede da Liga Independente das Escolas de Samba na noite desta quinta-feira, as agremiações decidiram reduzir em cinco minutos o tempo mínimo e máximo de desfile. A apresentação de cada agremiação deverá ser de 60 a até 70 minutos, no máximo. Para tentar dinamizar mais os desfiles, a Liesa também optou por reduzir de cinco para quatro o número mínimo de carros alegóricos e reduzir de quatro para três o número de paradas durante o desfile para a apresentação das agremiações aos jurados.

Até mesmo uma alteração para o regulamento do carnaval de 2021 já foi definida: o dinheiro da verba de TV será distribuído levando em consideração a colocação de cada escola no carnaval de 2020, critério semelhante ao já adotado na distribuição da receita oriunda com a venda de ingressos.

 

LEIA: Corpo de Bombeiros tem dez dias para analisar projeto contra incêndio e pânico do Sambódromo

— O objetivo principal é dar uma dinâmica melhor ao desfile do Grupo Especial, otimizar a relação de uso do tempo e do espaço do Sambódromo pelas agremiações, diminuir um pouco o tamanho da apresentação de modo que fique mais dinâmico e mais agradável à vista das pessoas que são apaixonadas e gostam de participar e assistir o nosso espetáculo — explicou o presidente da Liesa, Jorge Castanheira.

VEJA: Sambódromo é cobiçado pelo governo do estado, mas prefeitura afirma ter projeto ambicioso

Outras mudanças foram definidas. Entre elas, as escolas de samba não poderão mais distribuir camisas de diretoria e convidados de forma indiscriminada. A partir do próximo carnaval, cada agremiação poderá distribuir, no máximo, 30 camisas para convidados à frente da agremiação e 100 no final do desfile. O número mínimo de integrantes da Ala das Baianas — ala obrigatória, embora não seja um quesito no julgamento — foi reduzido de 70 para 60.

(fonte: https://oglobo.globo.com/rio/liesa-diminui-tempo-de-desfile-das-escolas-de-samba-do-grupo-especial-em-2020-23945265)
FOTO: Desfile campeão da Estação Primeira de Mangueira em 2019 Foto: Arquivo / 04/03/2019 / Luis Alvarenga / Agência O Globo